Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Abril Sempre

por neves, aj, em 25.04.05

Image hosted by Photobucket.com

25 de Abril de 1974

O Cravo

... vermelho, espelho
do que Abril teceu
anunciando
que um novo Portugal nasceu.
Se bem cheira ou mal
que interessa?

Homessa.
A juventude berra:
- acabou a guerra,
a guerra colonial.
Fictício ou de verdade
diz... LIBERDADE
e lembra na realidade
que o vinte e cinco
vos permite ler
aquilo que sinto!

Seven
Abril / 97

Vão lá 31 anos.
Este que vos escreve ia a caminho dos 19 e vivia agarrado às equações e às incógnitas de uma guerra que estropiava ematava a juventude
Mas em Abril o Sol raiou
e do cano das armas um cravo brotou

Valeu a pena.
Este que vos escreve vivia agarrado aos livros que lhe davam e escrevia o que lhe mandavam
Mas em Abril o Sol raiou
e do silêncio a voz bradou

Valeu a pena.
Este que vos escreve vivia agarrado a um povo na escuridão amarrado
Mas em Abril o Sol raiou
as amarras rebentaram, fez-se claridade
e o Povo gritou Liberdade.

Valeu a pena!

Que o espírito de Abril prevaleça p'los tempos afora

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:06




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Abril 2005

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK