Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Álvaro Cunhal

por neves, aj, em 14.06.05
Morreu ÁlvaroCunhal, 91 anos
Image hosted by Photobucket.com
Singela,mas sincera homenagem da parte de Voz do Seven.

Amadopor uns, odiado por outros tantos, <ahref="http://www.editorial-caminho.pt/cache/html/show_autor__q1obj_--_3d31815__--_3d_area_--_3dcatalogo__q236__q30__q41__q5.htm"target="_blank">Álvaro Cunhal</a>

[Error: Irreparable invalid markup ('<fontcolor="#ff0000">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<center><font color="#008000" size="4"><strong>Morreu </strong><em><strong>ÁlvaroCunhal</strong></em></font><font color="#008000" size="3"><strong>, 91 anos</strong></font></center><div align="center"><center><table border="3" cellpadding="3" cellspacing="3"bordercolor="#FF0000"> <tr> <td bordercolor="#FFFFFF"><img src="http://img.photobucket.com/albums/v642/Seven2005/Diversos/cunhal1.jpg" alt="Image hosted by Photobucket.com" width="300" height="246"></td> </tr></table></center></div><center><font face="Arial" color="#008000" size="3"><strong>Singela,mas sincera homenagem da parte de Voz do Seven.</strong></font></center><p align="justify"><font color="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light">Amadopor uns, odiado por outros tantos, </font><ahref="http://www.editorial-caminho.pt/cache/html/show_autor__q1obj_--_3D31815__--_3D_area_--_3Dcatalogo__q236__q30__q41__q5.htm"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">Álvaro Cunhal</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"> é nomeque (já) faz parte da História de Portugal e </font><ahref="http://pt.wikipedia.org/wiki/Álvaro_Cunhal"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">citado internacionalmente</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light">.Eminente político no Portugal Livre, foi um lutador contra aditadura salazarista e exilado em 1960, após </font><ahref="http://vozdoseven.weblog.com.pt/arquivos/198649.html"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">fuga recambolesca</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"> doForte de Peniche onde se encontrava detido como preso-político,regressou depois da </font><ahref="http://vozdoseven.weblog.com.pt/arquivos/100067.html"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">Revolução de 25 de Abril</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light">.Durante a prisão (11 anos, dos quais 8 de solitária) como quenasce outro Cunhal... o </font><ahref="http://www.citi.pt/cultura/artes_plasticas/desenho/alvaro_cunhal/"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">artista plástico</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"> que nosoferece maravilhosos desenhos (enfatize-se a mulher operária,mas feminina) e o escritor Manuel Tiago, pseudónimo mantido emsegredo até há relativamente pouco tempo, que oferece entreoutras, a obra &quot;</font><ahref="http://www.publico.clix.pt/tvzine/critica.asp?id=3102"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">Até amanhã, camaradas</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light">&quot;já retratada em filme.<br>Quer queiramos quer não, Álvaro Cunhal marcou gerações, etambém a deste que vos conta histórias e que não mais iráesquecer a famosíssima expressão &quot;olhe que não, doutor,olhe que não&quot; com que &quot;o homem de cabelo branco esobrancelhas fartas e negras&quot; brindava Mário Soares, seu&quot;inimigo íntimo&quot;, nos </font><ahref="http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=549006&amp;div_id=291"target="_blank"><font color="#B09111" size="3"face="Abadi MT Condensed Light">célebres debates</font></a><fontcolor="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light">televisivos de 1975 tão quentes como a época que Portugalatravessava... e<br>Querqueiramos quer não, Álvaro Cunhal deu o seu contributo para ademocratização de Portugal e para muitas conquistas do seuPovo.</font></p><div align="center"><center><table border="5" cellpadding="4" cellspacing="0"bordercolor="#FFFFFF"> <tr> <td bgcolor="#008000" bordercolor="#008000"><font color="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"><img src="http://img.photobucket.com/albums/v642/Seven2005/Diversos/cunhalsoares50.jpg" alt="Image hosted by Photobucket.com" width="200" height="164"></font></td> <td bgcolor="#FFFF00" bordercolor="#FFFF00"><font color="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"><img src="http://img.photobucket.com/albums/v642/Seven2005/Diversos/bandeiraportugalenrolada.jpg" alt="Image hosted by Photobucket.com" width="61" height="140"></font></td> <td bgcolor="#FF0000" bordercolor="#FF0000"><font color="#FF0000" size="3" face="Abadi MT Condensed Light"><img src="http://img.photobucket.com/albums/v642/Seven2005/Diversos/cunhalsoares050.jpg" alt="Image hosted by Photobucket.com" width="200" height="164"></font></td> </tr></table></center></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Fuga de Peniche

por neves, aj, em 14.06.05

<imgsrc="http://img.photobucket.com/albums/v642/seven2005/diversos/desenhocunhal.jpg"alt="image>

Fuga de Peniche

A famosa fuga de Peniche foi uma das mais espectaculares da história do fascismo português, por se tratar de uma das prisões de mais alta segurança do Estado Novo.

No dia 3 de Janeiro de 1960 evadem-se do forte de Peniche: Álvaro Cunhal, Joaquim Gomes, Carlos Costa, Jaime Serra, Francisco Miguel, José Carlos, Guilherme Carvalho, Pedro Soares, Rogério de Carvalho e Francisco Martins Rodrigues.

No fim da tarde pára na vila de Peniche, em frente ao forte, um carro com o porta-bagagens aberto. Era o sinal de que do exterior estava tudo a postos. Quem deu o sinal foi o actor, já falecido, Rogério Paulo.

Dado e recebido o sinal, no interior do forte dá-se início à acção planeada. O carcereiro foi neutralizado com uma anestesia e com a ajuda de uma sentinela - José Alves - integrado na organização da fuga, os fugitivos passaram, sem serem notados, a parte mais exposta do percurso. Estando no piso superior, descem para o piso de baixo por uma árvore. Daí correm para a muralha exterior para descerem, um a um, através de uma corda feita de lençóis para o fosso exterior do forte. Tiveram ainda que saltar um muro para chegar à vila, onde estavam à espera os automóveis que os haviam de transportar para as casas clandestinas onde deveriam passar a noite.

Image hosted by Photobucket.com

Álvaro Cunhal passou a noite na casa de Pires Jorge, em SãoJoão de Estoril, onde ficaria a viver durante algum tempo.

Esta fuga só foi possível graças a um planeamento muitorigoroso e uma grande coordenação entre o exterior e o interiorda prisão.

Do interior a comissão de fuga era composta por ÁlvaroCunhal, Jaime Serra e Joaquim Gomes. Do exterior, organizaram afuga Pires Jorge e Dias Lourenço, com a ajuda de Otávio Pato,Rui Perdigão e Rogério Paulo.

<imgsrc="http://img.photobucket.com/albums/v642/seven2005/diversos/citi.jpg"alt="image>

[ CITI]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:24




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Junho 2005

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK