Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Victor Coelho Pais

por neves, aj, em 12.10.07

Eu devia estara entrar na adolescência quando se espalhou a notícia de que o Victor tinhatido grave acidente na Figueira da Foz, cidade onde trabalhava. Não sei muitospormenores nem nunca indaguei os porquês, se realmente existem porquês nestassituações e que, regra geral, são mais do interesse dos curiosos e palradoresda vida alheia.

O que eu sei eo que andar do calendário me mostrou é que as pernas do meu vizinho daRibeira, irmão mais velho de uma mão cheia de filhos, tinham perdido acapacidade de se locomoverem por si próprias. Apesar de agarrado a uma cadeirade rodas, o Victor não esmoreceu e lutou... continuou a sua vida normal comopor vezes me focava quando bebíamos um copo à porta da tasca do Aníbal.Algumas conversas tivemos e a sua força psíquica impressionava-me, chegando-lheeu a dizer que essa  força, essa forma de ver a vida deveria servir deexemplo e aproveitada na reabilitação de outros.

Há uns diassoube do falecimento do Victor. Também não sei pormenores e igualmente nãovão agora interessar. Tomei conhecimento da sua partida através do habitualagradecimento feito pelos familiares e geralmente publicado no Defesa que porartes mágicas de um amigo e remando contra todas as vontades lá vaiatravessando o Atlântico e consegue aqui aportar em segurança no sacrárioonde guardo as raízes das minhas raízes.

Pensei deimediato em arranjar ou arrumar (como por estas bandas se diz) aqui no Voz um cantinhopara o Victor, mas não sabia o que escrever. É verdade, acreditai. Lembram-seque já vos disse que tenho muita dificuldade em falar sobre amigos emcircunstâncias como estas? No entanto, hoje logo pela manhã lembrei-me doVictor e saiu, está a sair... saiu aquilo que a minha mente e vontade desejampara perpetuar a sua memória.

Post-scriptum- O José Victor Batista Coelho Pais é oriundo de uma família que vivia na Ruada Ribeira paralela à minha Rua do Outeirinho na ditosa cidade de Santa CombaDão. Contaria sessenta e tal anos, era casado e pai de filhos e netos. Aosfamiliares, muito especialmente a sua esposa verdadeira guerreira e merecedorade páginas de destaque nos tratados do companheirismo, envio aquele abraço muisincero em solidariedade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:17




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK