Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coincidência

por neves, aj, em 16.02.08

Não procurámos, veio ter até nós. Por culpa dos alertas do google ficámos a saber que:

CLICAR

Efemérides – 16 de Fevereiro na História do Mundo
1978 - é colocado um engenho explosivo na estátua de Oliveira Salazar em Santa Comba Dão.
[clicar no banner]

E o leitor não tem um alerta do google? É fácil. Bastair aqui e preencher o formulário. Não é obrigatório um e-mail do google (gmail por exemplo), qualquer endereço é possível. Depois de enviar os dados só tem que ir ao seu e-mail activar o pedido. Pode ir acrescentando os tópicos ou termos de pesquisa que desejar ou cancelar tudo. Simplex.
Assim já dá para entender como não nos escapa o que é publicado sobre Santa Comba Dão, não?

[aos mais novos e ao mundo em geral informa-se que o povo santacombadense nada teve a ver com a destruição da estátua, que ficou literalmente destruída. Se a memória não me falha foi obra do PRP-BR (Partido Revolucionário do Proletariado - Brigadas Revolucionárias) e até me vem à memória que o motorista que transportou a bomba, um arrependido, foi julgado no Tribunal de Santa Comba e posteriormente apareceu morto, assassinado, creio que na Marinha Grande. Aos mais velhos, os de facto e os do Restelo, recorda-se que aqueles a quem vocês apelidavam de "revolucionários do burgo" não estavam de plantão. Eu por exemplo estava em Coimbra. Lembro-me perfeitamente que tomei conhecimento do acto, que teria acontecido pelas 3 horas da madrugada, no noticiário das 10 ou 11 horas da manhã de uma emissora de rádio qualquer sintonizada no Café Abadia ao fundo da Rua dos Combatentes nas imediações da Igreja de S. José]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:45

Solidariedade

por neves, aj, em 16.02.08

TODO O HOMEM É MEU IRMÃO

Este título que um jornal diário português costumava usar numa das suas colunas solidárias (cremos que o Jornal de Notícias) encabeça esta nossa entrada com o desejo expresso de não ser lido apenas como título bonitinho e sensibilizador e sim assimilado e entendido como mensagem fraternal de pedido de ajuda, na verdadeira acepção.

CLICARCLICAR

Tanto o César de 29 anos, foto da esquerda, como o David de 3 anos necessitam de ajuda económica para lutar contra os problemas de saúde que os afligem.

Pelas notícias que chegaram até nós [aqui notícia no Defesa da Beira], o César, natural da pequena aldeia do Coval no perímetro do município da nossa cidade de Santa Comba Dão, foi vítima de um grave acidente que o deixou tetraplégico (paralisia dos quatro membros). Consciente da sua delicada situação, o César vê no entanto alguma luz no fundo do túnel que o pode levar a recuperar alguns dos movimentos e a tornar-se de algum modo mais independente se se submeter a uma intervenção cirúrgica. Consta que realizada por cirurgião espanhol especializado que se deslocará a Lisboa. Contudo esta operação terá que ser realizada a expensas suas e ele não dispõe dos 32 500 euros (à volta de 83 000 reais) necessários. A população amiga, em solidariedade, criou alguns mecanismos necessários a tornar realidade essa esperança e um deles foi uma conta bancária cujo NIB (número de identificação bancária) consta dofolheto de apelo/divulgação que encontrámos no Pontos nos iii. Acreditando de que a cirurgia será um facto é nosso desejo que ela seja coroada de êxito. Enviamos ainda abraço solidário ao conterrâneo César e sua família com o pedido de que jamais desista de lutar tendo sempre em mente que com a evolução constante da Medicina muita porta se abre hoje no impossível de ontem.

O caso do David é bem diferente: sofre de uma doença rara, tão rara que é o único caso em Portugal. Natural de Vilar de Besteiros, do município vizinho de Tondela, o David de apenas 3 anos de idade luta para travar a evolução da doença, já que ele está consciente (seus pais e familiares) que A Doença de Sanfilippo, a estranha Mucopolissacaridose Tipo III B, não tem cura nem tratamento. No entanto uma ida a França encheu-o de esperança. Ela chama-se Zavesca Miglustat e é um medicamento que está a ser ensaiado em meninos franceses também portadores da doença. A sua esperança tornou-se ainda maior ao ser informado que nos Estados Unidos da América também laboratórios se dedicam ao estudo e ensaios da enzima provocadora de todos os males e acredita que será possível que daqui a uns anos a doença possa ter cura [notíciaas beiras]. Mas até lá a doença não pode evoluir no corpo de David. É necessário então travar a sua progressão à espera que a ciência avance, mas para isso o David necessita de tomar 3 cápsulas diárias de Miglustat cuja embalagem, de 84 cápsulas, é comercializada a quase 9 mil euros (23 mil reais) e ainda não é comparticipada pelo Serviço Nacional de Saúde já que não é (ainda) indicada para este tipo de doença. Ou seja uma embalagem não lhe chega para um mês e ele necessita de tomar o medicamento durante 36 meses. Enquanto a burocracia rola pelos gabinetes de ministros e secretários de estado que a solidariedade de quem pode se faça chegar já que o tempo urge.
O David pede ajuda e este pedido até já ultrapassa as fronteiras lusas. Ele navega pelas ondas da web em http://www.ajudem-o-david.org/ e lá são fornecidos todos os dados para eventual donativo e mais notícias sobre tão estranha doença. Existe ainda um Livro de Visitas onde os leitores poderão fornecer informações ou deixar mensagem solidária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:44




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Fevereiro 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK