Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Parabéns minha filha

por neves, aj, em 03.12.08

Salve o dia 3 de Dezembro de 1982, certamente o dia mais marcante na vida desta cabeça que mesmo dura (só às vezes) também ama e que pede compreensão à filha por em certas partes da crónica se armar em figurante.

PhotobucketBem te dizia eu filha ontem ao telefone, para ti já hoje afinal, que a crise também se instalou na pobre cabeça de teu pai e que não esperasses grandes floreados. É certo que fiz a habitual brincadeirinha (ora se não haveria de fazer) que, sei eu, te enche de alegria porque é uma forma de recuarmos, ambos, alegremente no tempo, aos tempos dos guelhanguelhans e das histórias da menina chata, mas em verdade te digo que a inspiração anda arredia. Pela primeira vez ao escrever para ti parece que estou a sentir-me tolhido de palavras, talvez de frases, já que quero falar mais sério (não te rias, ahahah) e refrear o desejo de viajar aos tempos da meninice, da tua, claro, para que não ajuízem, nem tu própria, que te continuo ainda a ver como o pequeno bombom, curiosamente retratado de forma irrepreensível na foto que publico, não achas?
Gostaste da surpresa? Falo da foto, claro. Nessa altura ainda não tinhas atingido a dezena de anos, andavas na Primária e se nela aparecem uns vincos não foi por andar por aí aos trambolhões antes por a ter trazido durante anos agarrada a mim, na carteira. Inconvenientes do tempo, afinal do uso ou envelhecimento que também nos atinge, mas que na tua idade, felizmente, ainda se chama amadurecimento e que não é mais que uma preparação para os muitos mais Dezembros que virão por aí e que desejo vividos em harmonia e em compreensão junto de quem tu por bem entenderes e, mais que tudo, amares.
Releio o que escrevo e confesso-te que tenho dificuldade em portar-me bem. Oscilo. Temo ser chamado Zé de contradições por não cumprir o que atrás prometi, porque nem imaginas a tentação que me assola para recuar no tempo. É que, sabes, apetecia-me tanto relatar o filme que passa agora pela minha mente, de contar a todo o mundo que quando te vi pela primeira vez estavas no pequeno berço ao lado da cama de tua mãe (in ronco ainda sob o efeito da anestesia) enfiada num babygrou ou macacão amarelo a dormir de papo pro ar e com a cabeça virada para o lado direito... é, ficas a saber mais uma, que foi a bochecha esquerda a primeira parte de ti que eu memorizei. Depois virei-me para as orelhas, curioso (e talvez temeroso) se a Natureza te tinha contemplado com a mesma prega mal talhada que transporto comigo e que herdei de minha mãe.
Esta do filme também te contei durante o telefonema de parabéns feito logo na entrada deste teu dia, aliás como é habitual, só que desta vez fui condescendente (sempre se evitam umas ciumeiras) e propositadamente deixei-me ultrapassar, mas sabemos nós que voz de pai chega sempre a tempo, é pontual e com oportunidade, ahahah, tanto que às tuas 11:05 horas exactas recebeste o segundo telefonema (esta glória é que ninguém ma tira). Contei-te eu que adorava possuir uns eléctrodos quaisquer que se ligassem aos meus neurónios para que as memorizações que por lá circulam se transformassem em imagens e assim testemunhares o quanto um pai se sente feliz num dia assim. Sabes o que te digo? Com o teu nascimento aprendi algo muito importante de que nunca me tinha dado conta: acho que cada um de nós é deveras egoísta quando festeja o aniversário de aparecimento no mundo. Só pensamos em nós e esquecemos o sofrimento da mãe e a angústia do pai, e a felicidade de ambos, note-se bem. Digo-te isto não para te roubar a cena, claro, é o teu dia e não o meu (bom, só um bocadinho meu), mas o que pretendo é que assimiles para que um dia possas transmitir aos teus... e em mais uma oscilação cá está o Zé do teu pai agora a ver-te de novo como mulher feita, bem adulta, de certo modo já preparado para um dia destes lhe pregares alguma partida que, em verdade se diga, ele jamais levará a mal e até ambiciona.
Beijoca e porta bem.
Pai

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK