Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pedra Filosofal

por neves, aj, em 10.10.10

... eles não sabem que o sonho é vinho, é espuma, é fermento bichinho álacre e sedento, de focinho pontiagudo, que fossa através de tudo num perpétuo movimento... são versos da Pedra Filosofal in Movimento Perpétuo [1956] do poeta António Gedeão, pseudónimo do Prof. Rómulo de Carvalho, nome que aprendemos a conhecer como autor de livros escolares onde decorávamos as leis da Física bem antes, muito antes, de descobrirmos que o professor para além de ser uma sumidade na matéria das Ciências Fisico-Químicas era também autor de belos poemas como a Pedra Filosofal que nos inspirou a iniciar a entrada e do qual damos um cheirinho, mas outros mais, como Lágrima de Preta  [uma ode físico-química de sais bases e ácidos à igualdade racial], embora aqui a sua veia poética estivesse envolvida por capa com outra denominação.

Photobucket

Com a publicação da presente foto [que faz parte de notícia que gira à volta do antigo Liceu de Viseu e que é mais uma "transcrição" sem autorização do autor de Letras e Conteúdos] até parece que dessintonizámos [principalmente na óptica dos desconhecedores e/ou desavisados] mas esclareça-se que a citada apresenta-nos personagem ao centro [vestida em tons vermelho] que está relacionada com a Pedra Filosofal de António Gedeão [aqui soberbamente cantada por Manuel Freire], melhor dizendo intrinsecamente ligada a Rómulo de Carvalho, já que ambos ministraram aulas de Físico-Químicas. É certo que a diferentes níveis e a criaturas com idades e talvez visões ou aberturas mentais diferentes [fruto do Portugal desigual de antanho], mas a verdade é que de ambos se ouviram ensinamentos que perduram para toda a vida.
Nunca nos cruzámos com o prof. Rómulo de Carvalho, diga-se, mas de Rui Santos, nosso professor quando ainda nem tínhamos perfeito a dezena e meia de aniversários, ouvimos e guardámos bastante, o princípio da Hidrostática, de certeza, as leis das alavancas e as fórmulas da intensidade, diferença de potencial e resistência da corrente eléctrica, também, e sobretudo aquela célebre lei que curiosamente esquecemos a denominação mas cujo conteúdo lembramos perfeitamente porque nos atrevemos a "discordar" já que no livro as palavras eram outras: "risca e põe como eu digo", foi a resposta do mestre "mansamente amparado" à enorme cana-da-índia que não tinha outra qualquer utilidade que não a citada e servir como apontador ao quadro, porque moca de cacetada jamais.
Respeitosamente, um abraço ao prof. Rui Santos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:08

Farol centenário

por neves, aj, em 10.10.10

[cinco dias mais novo que a República]

O Farol da Ponta das Lajes das Flores [Ilha das Flores, Arquipélago dos Açores] completa, precisamente hoje dia 10 de Outubro, 100 anos de vida, de uma vida mui preenchida a orientar 24 horas por dia de Segunda a Domingo todos os 365 dias do ano incluindo feriados, Páscoas e Natais, o tráfego marítimo à sua volta, desde cargueiros a pequenos botes, contribuindo assim para salvar inúmeras vidas humanas e a permitir que outras muito mais vidas não se sintam tão isoladas quão a sua condição de ilhéus as obriga a sentir.

Photobucket

Após cerimónia comemorativa [antecipada para o passado dia 8] presidida pelas autoridades marítimas o Farol das Lajes encontra-se agora aberto a visitas até ao dia 30 de Novembro por prévia marcação a partir de um número de telefone facultado noLiberdade Democrática na Ilha das Flores, do amigo CJ, o blogue de onde trouxemos a novidade soberbamente embelezada pela espectacular fotografia que publicamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK