Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais perto

por neves, aj, em 16.10.10

... amanhã ficaremos mais perto de "casa".

Photobucket

Hoje, dia 16 de Outubro de 2010, encontramo-nos a 4 horas de diferença  de Portugal ["atrasados", para "menos" porque estamos para ocidente], mas amanhã ficaremos a apenas 3 horas [do Continente e da Madeira, porque dos Açores apenas duas].  A causa é a entrada em vigor da Hora de Verão aqui no Brasil como divulgamos em entrada própria no Voz 2.  No entanto, esta diferença horária de 3 horas, curiosamente a que na verdade os fusos horários determinam, só se irá manter até ao final do mês, precisamente até ao dia 31 de Outubro [último Domingo] quando em Portugal entrar em vigor o Horário de Inverno com o consequente atraso de 1 hora nos relógios oficiais.  Brasília e Lisboa ficarão na sua menor distância temporal: 2 horas apenas, diferença que se manterá até 20 de Fevereiro de 2011 quando no Brasil findar a Hora de Verão... estas diferenças poderão ser melhor entendidas naDança das Horas, documento que preparámos há uns anos. Um clique no mapa permite ligação a página do portal uol onde nos é relatado, entre outras "curiosidades", que o Brasil conta economizar 80 milhões de reais [34 milhões de euros ao câmbio de hoje] com esta mudança para a "hora nova".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

A Sobreira

por neves, aj, em 16.10.10

"não é uma mera sobreira, mas, sim, aquela que reside no mais belo dos meus espaços preferidos, o Outeirinho, onde cresci"

... claro que a Sobreira vai grafada com inicial maiúscula porque é uma companheira com quem convivi durante muitos anos, décadas. Simpática e bela, conheci-a quase sempre vestida de cortiça, contudo também nua de tronco, de nove em nove anos, esclareça-se, em nudez que de início se revela em tons avermelhados como carne e que depois vai escurecendo como se peças de vestuário vá vestindo.
Ofereceu-me toneladas de companhia ao longo da sua vida que não sei a idade, mas que desejo ainda mui longa, para além de sombra, muita sombra, montões de sombra e também, claro, quilolitros de ar fresco por agitação das suas folhas verdes em resposta a lufada de vento passante, tornando muito mais agradáveis os momentos em que lia livro ou jornal ou simplesmente apreciava a paisagem sentado num dos bancos de granito sob a sua copa, contudo a outros teria oferecido muito mais, cobertura silenciosa de inúmeras falas e carinhos, beijocas e promessas de amor muitas delas que não teriam passado disso mesmo, de promessas.

5940182911_42bd644889_o.jpg

A foto encontrei-a por aí, não vou dizer onde porque foi surrupianço de local que não me fica bem tornar público, e é relativamente recente, creio que de 2009 ao contrário desta com chancela de 2002, o ano em que transpus o Atlântico, e que foi por mim captada porque me preocupei em trazer, tal como o pedaço de granito ou o punhado de terra do quintal, alguns desses pedaços [o das raízes ou origens] que impedem que um homem se despedace quando faz contas à vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:12




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK