Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Patas ao borralho

por neves, aj, em 27.07.13

 photo 2365e002-7a22-43b1-81d1-79950cd4788c_zps9cd6ff9e.jpg

... até aparece que a foto foi tirada há muitos anos algures na ditosa Mãe-terra, mas não, foi ontem e aqui na São Paulo que me acolheu, no "meu" apartamento. As excelsas patinhas são as minhas porque o frio apoderou-se delas, nem tanto porque a temperatura tivesse descido a níveis que elas já não tivessem antes experimentado, mas sim, talvez, porque o sangue que as alimenta já não tem o vigor de outros tempos ou, quiçá também, porque o termóstato já desregulou com a Beira que me viu nascer. Mau sinal. Mantenha-se a memória viva e activa para o meu ser jamais perder o norte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:11

ZÉ E ROSA [30 de Junho de 1942]

por neves, aj, em 27.07.13

FotosAntigas1
um clique para mais fotos

... esta noite sonhei. Nada de mais natural, claro, e também é perfeitamente entendível que tivesse sonhado com os meus pais atendendo que ontem escrevi sobre o falecimento do Zé Neves, meu pai. O que eu jamais sonhei é que o sonho fosse menos bom, confuso, agitado, dirão alguns, pesadelo.Vi meu pai vivo, mas minha mãe longe, muito longe, imóvel numa tumba distante e sem fim mas que num ápice se ergueu agitando os braços como a querer dizer-me algo. Acordei sobressaltado, assustado e levantei meio incomodado. Eram quatro e picos da matina. A água gelada no rosto fez-me bem e nem disse nada à Maria. Deixei-a estar. Liguei o computador, tomei o omeprazol para fazer lastro pro anlodipino e pra losartana, fiz um chá de camomila e fumei um cigarro. Dois. O organismo pedia. Dir-me-ão que sou fraco já que estou em luta [novamente] para deixar de fumar, porque preciso já que as artérias e os pulmões assim o exigem, após uma queda no vício e depois de 19 lindos meses sem fumar. Serei fraco, talvez, mas acalmei. Não me esquecendo da luta contra o cigarro, dominei-me e resolvi falar, gritar e escrevo ao mesmo tempo que viajo pelo que já escrevi sobre os meus pais, para eles, especialmente para minha mãe. Fazem-me bem estas viagens. Demorei-me sobre o mais belo texto que escrevi sobre os dois, onde falo do seu casamento há 71 anos acontecido no dia 30 de Junho. Penitencio-me por ter deixado escapar a data, mas recordo-a hoje. Porque preciso de aliviar. Sinto tristeza por estarem quase nas Bodas de Diamante e nem as de Ouro terem festejado, mas contra certas forças nada posso fazer. Engolir apenas, o problema é esmoer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55




  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK