Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Chico de Pinheiro

por neves, aj, em 26.11.11

Para que escape à terrível lei do esquecimento, que a sua memória aceite esta humilde homenagem.

Photobucket
um clique para foto ampliada

... nascido no ano de 1929, 8 de Julho, foi-lhe colocado o nome de Francisco Dias da Silva e embora tenha visto a luz do dia lá por por terras de Almeirim [Ribatejo], teria vindo muito novo para Pinheiro de Ázere, freguesia pertencente ao município da ditosa Santa Comba Dão. Entre os amigos e conterrâneos era tratado por Chiquinho, mas fora da sua área de residência era mais conhecido como Chico de Pinheiro. Assim mo lembrou o meu irmão mais velho que ainda tem uma vaga ideia de com ele conviver na alfaiataria de meu pai Zé Neves onde foi empregado. Claro que falo da "alfaiataria antiga", na casa do zagão, hoje edifício que alberga a Biblioteca Municipal Alves Mateus, e obrigatoriamente antes de 1955, ano em que meu pai se mudou de armas e bagagens para o Largo do Balcão, precisamente dois meses antes de eu nascer, para instalar a Alfaiataria que hoje conhecemos. Não me lembro de algum dia ter alimentado conversa com este homem simples e pacato que conheci sempre acompanhado de uma velha bicicleta, mas, curiosamente, cumprimentávamo-nos com um aceno de cabeça sempre que nos cruzávamos: ao seu modo educado respondia eu com a educação que recebi de minha mãe.
Não se pense que a citação a minha mãe é por mero acaso. Trouxe minha mãe propositadamente à baila porque o amigo Chico tinha por hábito visitar a sua sepultura sempre que a ocasião se lhe proporcionava. É o meu irmão mais velho que, via telefone, mais uma vez mo recorda:
costumava levar flores à campa da nossa mãe quando ia a algum funeral ou passava perto do cemitério... uma vez vi, confirmei eu... dizia ele que a mãe muita vez lhe tinha morto a fome... é, é de crer, lembremo-nos que por essa altura em que o amigo Chico trabalhava para meu pai, Portugal vivia tempos de ressaca da segunda guerra mundial.
A foto que embeleza o texto foi encontrada nas páginas do facebook [não por mero acaso já que nesse dia de 10 de Novembro se cumpriam seis anos sobre o seu falecimento (2005)], no mural da amiga Paula Martins onde foi colocada pelo também amigo Pedro Santos, de Pinheiro, ambos amigos pessoais deste homem de fisionomia tão peculiar. Cumpre-me agradecer à Paula a gentileza do envio dos dados sobre o amigo Chico, nomeadamente as datas apontadas e o local de nascimento, e os relatos que me fez sobre este homem bom e de enorme religiosidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44


1 comentário

De Carlosmanuel_Raimundo@hotmail. Com a 04.12.2011 às 16:07

Grande homen , com uma educação formidável

Comentar post





  


 photo logoasminhasfotos_zps81358f6e.png

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK