Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tás desculpado

por neves, aj, em 14.09.07

(desculpa o tue se quiseres saber o que dizem cá pela tua santa terrinha, clica na foto)

"Visto a camisa, estou de coração com Portugal. Se tive uma atitude que nãocondiz com a Pátria, com Portugal, peço desculpa mais uma vez. Sinto-meportuguês, sinto-me em casa. Se errei, peço desculpa."

CLICARComo parágrafo acima bem assimilado na minha mente e depois de lero pedido e de visionar o vídeo (e como até acredito que no teu sangue navegará um geneherdado de Vulcano, deus do fogo e das explosões) digo-te com franqueza: estás desculpado caro Scolari.Por mim falo, claro está, que como português não me senti minimamenteenvergonhado pela tão apregoada má imagem de Portugal que dizem que deste. Tuaté és um gajoporreiro e nem necessitas de justificar o teu amor a Portugal e às causaslusitanas... os únicos que não verão esse teu amor e essa tua entrega são os tradicionais Velhos doRestelo, que agora mais modernos aparentam ser pelo avanço e progresso, mas afinalnas suas mentes pululam ideiaspreconcebidas para não dizer preconceituosas. Esses gajos e outros mais, comoos escribas a seu serviço, põem os interesses próprios ou de amigos acima do interesse nacional e até cruzam os dedos para que a Nossa Selecçãofalhe com o único propósito de te deitar abaixo.


Sabes bem caroFelipão que sempre eviteidiscutir as tuas opçõestácticas que podem ser e alguns dizem discutíveis, mas não deixei de te criticarpor duas ou três vezes por tomadas de posição que tiveste e que neste espaçomencionei... o que nunca eu disse, com as palavras que vou escrever agora, é que conseguiste alicerçar naSelecção Nacional Portuguesa um espírito ganhador que cresceu de tal ordemque foi absorvido pela grande maioria dos adeptos torcedores portugueses, onde eu meincluo. Hoje, quando vejo um desafio da minha, tua, Nossa Selecção, digo-teque o único desfecho que me passa na mente é a vitória. Não sinto medo nemfico demasiado inquieto quando sofro um golo... acredito sempre na reviravolta.É certo que nestes dois últimos desafios fomos traídos nos últimosminutos de jogo, talvez, quem sabe, devido a um certo relaxe, mas isso éassunto que deve ser discutido e bem discutido entre vós e não pelos de fora já que acredito na honestidade do vosso trabalho. Em suma, que venham daíosdoutores do futebol desmentir-me, mas a verdade é que, e muito devido à tuainfluência, hoje a Selecção Nacionalnão é tratada comocoitadinha e é respeitada.

Até parece quetomei a tua defesa, mas não. Não te estou a defender (tu até nem precisasdisso, desculpa lá a ironia) só estou a dizer que te compreendo gaúcho decabeça quente, explosivo. De maneira alguma apoio a atitude tomada no final dodesafio de Alvalade e até construí ironia com o teu nãotoquei, mas que fique bem claro que não te vou crucificar, comoesses falsos puritanos que te acusam de teres dado uma imagem bastante negativade Portugal [um pouco à Afonso Henriques, talvez]... é verdade que a imagemnão é boa, mas fossem as más imagens lusitanas dadas apenas pelo futebol eestávamos nós bem.

Vais pagar,terás que pagar, dois, três jogos na bancada, os que sejam... o meu desejo ede uma grande maioria de portugueses, tenho a certeza, é que a Selecção saibasuperar a tua falta (física apenas, felizmente) e que não perca a serenidade já que o apuramento para oEuro 2008 está nas nossas mãos, apesar de certa Imprensa, lá está, játer lançado avisos alarmistas (obrigatoriedade de vencer todos os jogos que faltam) que por não corresponderem à verdade só vemde encontro ao que tantas vezes penso: a quem interessará a desestabilização?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:04




  


calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30



Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK