Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cansar ou não cansar...

por neves, aj, em 27.12.07

eu ainda não cansei.

PhotobucketJá falámos dos cansei do Lula e se eles tiveram direito a tempo de antena também tenho eu direito a proclamar que não cansei e, enquanto eu não cansar, o Presidente Lula (o respeito é muito lindo já que se trata do mais alto dignitário da Nação Brasileira) terá sempre aqui um cantinho reservado no Voz do Seven, um espaço que  nada tem contra os endinheirados e que não pretende de modo algum armar-se em Robin Hood roubando aos ricos para dar aos pobres, antes sim desejar, apelar e até lutar para que os pobres o deixem de ser e que o mundo se torne mais equilibrado. Ninguém duvide que todos ganham com isso e ponhamos na cabeça que nem o próprio sistema capitalista conseguirá sobreviver se a pobreza continuar a aumentar... afinal quem comprará o que o sistema produzir?
Chamem-me o que quiserem, mas façam favor de não me chamarem puxa-saco e de jamais me acusarem de estar a usufruir de alguma vantagem, porque a minha admiração pelo Presidente prende-se essencialmente com essa sua luta na tentativa de melhorar a qualidade de vida do Povo mais necessitado ou carenciado.
Afinal, porque razão eu haveria de ser contra um tributo cujas verbas eram canalizadas (eram, porque a CPMF acabou) para a saúde pública, da qual necessito e me sirvo, e sabendo de antemão que esse imposto incidia em movimentações financeiras cujos valores mais elevados estão bem longe das contas bancárias da esmagadora maioria do povo?  É certo que menos imposto é sempre bem vindo, mas se as verbas de um tributo forem bem aplicadas ao serviço de uma comunidade carente porque não aceitá-lo? A não ser que a solidariedade ande arredia, claro, que seja palavra vã em homílias e promessas eleitorais. E já que as contas bancárias vieram à baila acho que o que deveria haver era união de braços (e papel e tinta) em protesto para acabar com as tarifas exorbitantes cobradas pelos Bancos (que vão ser atenuadas em Maio de 2008, adiante-se). É uma verdadeira loucura, só falta cobrar bilhete de entrada à porta de cada agência. Acreditem. O extracto bancário à minha frente não mente. Mas nisso pouco se fala e a tinta que corre nos órgãos de comunicação facilmente se dilui.
Por outro lado, porque não hei-de eu admirar um homem ou a política de um grupo de homens (governo) chefiado por si em querer levar água às terras áridas do Nordeste, apesar de haver necessidade de desviar essa água do leito de um rio? Se estudos feitos dizem que o Rio não morrerá e que não haverá prejuízo das populações "doadoras", porque não? Não dá para entender como é que um Bispo da Igreja Católica faz greve de fome contra essa tão apregoadatransposição do Rio S. Francisco, já que quanto a nós (livres de qualquer seguimento religioso) todo o homem que pense no seu semelhante dirá que a água (constituinte mor de todo e qualquer ser animado e indispensável para que ele tenha vida) não pode ter dono nem deve ser propriedade deste ou daquele país e muito menos deste ou daquele estado dentro do mesmo país, e sim que ela deve ser desprovida de egoísmo e distribuída pelos que dela necessitam para sobreviver. Não acham?

Por esta ou estas e por outras é que ainda não cansei, mas não se julgue que não cansei por carneirismo caminhando oco de pensamento ou opinião atrás dos outros e sim, repetimos, por considerar que uma sociedade menos desiquilibrada é base sustentável para menos violência e mais tranquilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:01




  


calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK