Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais um Neves

por neves, aj, em 28.02.09

Photobucket... que apesar de ser varão, no entanto e muito provavelmente, não irá transmitir o nome porque é filho de varoa, minha sobrinha...
Com mais esta "brincadeirinha" passo a contar agora com 9 (nove) netos, quer dizer, nove sobrinhos-netos, porque de neto na verdadeira acepção não me consta e, creio, que nos tempos mais próximos  não me irá constar... a propósito... sim, acho que a filhex pensa de modo acertado, primeiro estabilizar, mas só espero ter tempo para um dia envolver o neto [ou neta, claro] naquela manta em tons azuis que já me embrulhou e à filhex também.
Parabéns em especial à minha sobrinha, que agora conta com um casal, e claro, ao pai e avós do novo rebento ao qual dou as boas-vindas desejando-lhe um crescimento saudável rodeado de amor e que quando tiver de enfrentar o mundo este esteja mais calmo, mais equilibrado, livre de notícias desagradáveis... mais em paz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30

Zé Neves, 92 anos

por neves, aj, em 25.02.09

(num repente e sem razões antes delineadas o texto tomou um rumo inesperado que a minha própria razão desconhece mas que não se importa de ver publicado)

PhotobucketNascido neste dia 25 de Fevereiro do ano de 1917, meu pai faria hoje 92 anos de idade. Hoje Quarta-feira de Cinzas, primeiro dia da Quaresma, afinal 46 dias até à Páscoa (12 de Abril).
Ainda ontem cá em casa enquanto assistíamos a um "resumo" dos desfiles carnavalescos falei que não me lembrava de o meu pai ter alguma vez comemorado o aniversário na Terça-feira de Carnaval, apesar de ter uma vaga ideia de ele o ter focado. Curioso, e porque agora tenho as tecnologias à mão, vi então que durante os seus 85 anos de vida, o Zé Neves meu pai teve direito apenas a duas Terças-feiras Gordas coincidentes com o "seu dia de anos": em 1936, ainda um moçoilo de 19 anos, e em 1941 quando ainda nem tinha juntado os trapos com minha mãe apesar que não tardou muito a fazerem-no... foi no ano imediato.  Como curiosidade registei ainda que houve também apenas dois anos (1925 e 1998) em que o dia 25 bateu certinho com o dia de hoje.
Ontem ainda, com os olhos vidrados no pequeno écrã, já dava eu volta aos neurónios idealizando o que iria escrever hoje aqui e à laia de brincadeira, e porque no Carnaval (quase) nada parece mal, disse eu à minha Maria que nem ficaria mal uma foto carnavalesca e atrevidota a emoldurar a entrada que estou a redigir agora em comemoração dos 92 anos de nascimento de meu pai. Claro que me chamou atoleimado logo de imediato avisando-me ainda que os meus irmãos nem gostariam muito. É, talvez. Desisti, embora um pouco desanimado e contrariado, diga-se.
PhotobucketNo entanto, mais tarde e durante a noite o travesseiro deu-me um mote: meu avô, pai de meu pai. Em princípio poderá parecer inexplicável, mas não será alheio o facto de uma das Escolas de Samba ter trazido Angola para a "avenida". Ou talvez não tivesse sido isso, não sei. Razões que a razão desconhece. Bem, afinal seria um bom presente para a entrada dos 92 anos do Zé Neves colocar lado a lado os dois já que conviveram tão pouco durante a vida porque o Manuel Neves, meu avô, rumou a África ainda nos anos 30 e nunca voltou. Por Angola está sepultado, no Cubal, perto do Lobito, creio. Da aventura africana ofereceu três irmãos a meu pai. Duas mulheres e o Manuel António, o único desses tios africanos que eu conheço. Por estranho que possa parecer jamais meu pai nos transmitiu alguma mágoa e/ou revolta que sentisse em relação ao pai dele por ter partido deixando três jovens por Santa Comba Dão e jamais ter regressado para um abraço. Nunca lhe ouvi um desabafo contra o pai. Provavelmente meu pai sofreria em silêncio, não sei, mas acredito que sim.
Já eu... sinceramente vos digo que eu não conseguiria calar e teria que desabafar a dor.
É, talvez filho de peixe nem sempre saiba nadar, talvez este texto seja assim como esse tal desabafo que meu pai nunca teve para que agora em harmonia descansem os dois em paz e, em parte, eu me liberte desse traço de má imagem que meu avô me deixou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31

Imortal há 22 anos

por neves, aj, em 23.02.09

Photobucket

Nascido em 1929 (2 de Agosto),Zeca Afonso alcançou a imortalidade às três horas da madrugada deste dia de 23 de Fevereiro do ano de 1987... vão lá 22 anos.

reportagem vídeo RTP


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:05

Solidariedade (ainda)

por neves, aj, em 23.02.09

Entrada em complemento deuma primeira que fizemos, não só para relatar o sucesso obtido na angariação de fundos para a aquisição de uma prótese para o Petro, noticia que pode ser lida aqui no Farol da Nossa Terra, mas também para darmos a mão à palmatória visto que metemos o pé na argola quando focámos que o jovem acidentado, de nacionalidade romena, não recebia qualquer pensão social. Na verdade recebe, baixa médica, e apesar de serem uns míseros 180 euros mensais não queremos ser acusados de desinformação. Aproveitamos para felicitar os organizadores da iniciativa e também todos os presentes, que foram assim de encontro ao lema da reunião: A solidariedade não é palavra vã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:34

A Cabritinha

por neves, aj, em 21.02.09

Como podem ver, a Cabritinha de Quim Barreiros vai estar de visita à ditosa Santa Comba Dão... sim, pode não parecer mas é verdade, porque apesar de não ser indicado no cartaz de divulgação, Chamadouro é lugar pertencente ao nosso Concelho ou Município.

PhotobucketPhotobucket

O acontecimento terá lugar a 21 de Março, Dia da Árvore por terras lusitanas mas que este ano não é propriamente dia de recepção à Primavera já que o equinócio de Março acontecerá pelas 11:44 horas UTC (TMG) do dia 20. Nunca é demais lembrar que por cá, pelo Hemisfário Sul,  o nosso hóspede será o Outono que, claro, chegará em simultâneo com a sua prima mas que por culpa dos fusos será quando os relógios marcarem as 8:44 horas da Hora Oficial de Brasília.
Feito oanúncio da festança nada melhor que rematar com música, fazendo recordar a quem conhece e dar a conhecer a quem nunca ouviu, talvez a voz que melhor traduz a brejeirice do Povo Português: Quim Barreiros.
Eis então aquiplaylist no Voz Música e aqui vídeo d' A Cabritinha em ritmo Saturday Night Fever, curiosamente o vídeo mais visitado no Voz Youtube.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:25

Paz, muita Paz

por neves, aj, em 20.02.09

... nunca a visão de uma urna nos transmitiu tamanha sensação de Paz.

Photobucket

Não julgueis contudo que essa Paz é fruto (apenas) dos botões de rosa vermelhos intercalados por salpicos de cor branca que a cobrem ou mesmo do manto branco alvo de neve sobre o solo do cemitério que abafa as lágrimas muito antes já derramadas. Essa Paz, essa calmaria, é-nos transmitida essencialmente pela serenidade do sofrimento inexpressivo de um pai em acompanhamento solitário que finalmente viu o seu dever ser cumprido antes de ele próprio partir: ter conseguido que a memória de sua amada Eluana, morta de vida há 17 anos, tenha encontrado o merecido descanso, que a sua rosa possa finalmente adormecer entre as páginas do livro da vida.
Comungai também dessa Paz com um clique sobre a imagem e alimentai-a com a leitura deste soberbo texto da autoria do Prof. Massano Cardoso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:08

Mamas Falsas

por neves, aj, em 18.02.09

PhotobucketAtente-se desde já que o título não é nosso, é de artigo recentemente publicado no semanário Defesa da Beira, jornal defensor dos interesses da nossa Beira (Alta) com sede na ditosa Santa Comba Dão. À semelhança, atente-se ainda que a modelo dos atributos a propósito com que embelezamos o texto, melhor dizendo o exemplificamos (porque a simetria e o excessivo arredondamento não enganam), não acompanhou a publicação no Defesa e foi por nós caçada aí em sítio qualquer da web, mas ao qual não fazemos ligação por ser portador de bolinha erótica que rola por outros mais campos (contente-se o estimado visitante com pequena ampliação a partir da imagem).
Esta nosso entrada vem a propósito porque de maneira alguma poderíamos ficar indiferentes ao que lemos no citado Mamas Falsas assinado por Salvador Massano Cardoso, nosso conterrâneo e Professor Catedrático da Faculdade de Medicina de Coimbra, já que é certo e sabido que residimos no Brasil, um dos países-rei nestas implantações (ademais vem aí o Carnaval verdadeira montra de mamas de plástico), onde o cirurgião plástico é figura imponente e a "modelação corporal" é o prato do dia, gastando-se rios de tinta e quilómetros de filme para elucidar o Povo sobre os "eme-ele" de silicone que fulana colocou, a "lipo" que beltrana fez e o "botox" que todas as outras injectaram, enfim, incutindo indirectamente à mulher comum uma necessidade que talvez ela nem sinta de melhorar o que eles chamam de auto-estima.
É certo que acima nos referimos especificamente às figuras ditas televisivas e o alerta em sensibilização dado pelo Professor é mais dirigido à população em geral, mas mesmo assim achámos por bem fazer a divulgação, esperando, contudo, sermos desculpados quer pelo articulista quer pela publicação em não termos pedido autorização.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:12

Solidariedade

por neves, aj, em 13.02.09

Lemos no Farol da Nossa Terra o seguinte apelo/convite:

Jantar de Confraternização para angariação de fundos a favor da aquisição de uma prótese

PhotobucketO Centro Alimentar Contra a Pobreza Mãos Unidas Pe. Damião de Santa Comba Dão vai realizar no dia 20 de Fevereiro um jantar de confraternização para angariação de fundos destinados à  aquisição de uma prótese para um jovem vítima de acidente de trabalho, do qual ficou sem um braço.
Tem lugar em São João de Areias, no salão de festas do Lar São José, do Centro Social e Paroquial, com início às 20 horas.
As inscrições podem ser feitas no Centro Alimentar, no Lar São José (telef.
232899050) ou através do Farol da Nossa Terra faroldanossaterra@gmail.com

Lemos depois em comentário que o acidentado é natural da Ucrânia e sinceramente que por momentos até esquecemos a terrível fatalidade que aconteceu ao jovem. Acreditai que um sorriso encheu-nos o espírito vendo que afinal a solidariedade dos homens consegue derrubar barreiras tão bestas como a intolerância a outros povos que, sabemos todos, nos tempos actuais está a tomar proporções deveras assustadoras, nomeadamente na Europa.
No entanto, e na verdade, o sorriso depressa se tornou amarelo de revolta quando lemos denúncia no Defesa da Beira da autoria do amigo sr. Carlos Ribeiro que um jovem estrangeiro (romeno) teria perdido um braço em fábrica onde estava a trabalhar em situação de ilegalidade, situação mais que impeditiva para poder usufruir de qualquer tipo de subsídio de instituições governamentais. Seja romeno ou ucraniano é certo que estamos perante o mesmo caso e a nossa revolta vira-se então, e obrigatoriamente, contra os exploradores de mão-de-obra ilegal a qual sem direitos de segurança social e certamente paga abaixo do vencimento de lei faz-nos retroceder aos tempos da escravatura.
Uma dúvida nos assalta: porque não circulam e-mails fazendo denúncia deste Portugal e só e apenas sobre o Pinóquio Sócrates, o computador Magalhães e etecetera e tal?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25

Botões animados

por neves, aj, em 13.02.09

É co-produção de um santacombadense,edu4ever, com uma colega de curso... mostra-nos botões em movimento, muitos botões (afinal lá por casa será material que não falta), digamos que grosas de botões... a propósito, sabíeis vós que os botões serão dos poucos produtos comercializados em grosas? Claro que nos referimos ao comércio por atacado ou por grosso. Pelo menos assim era há umas dezenas de anos. E sabeis vós o que é, quanto vale uma grosa? Aprendemos esta há muitos anos bem antes da primeira aula na escola normal, embora tivesse sido em escola também (de artes e ofícios), na Alfaiataria Neves sita no Largo do Balcão na ditosa Santa Comba Dão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:56

Memorial da Resistência

por neves, aj, em 12.02.09

... ala do Museu Estação Pinacoteca em São Paulo homenageando os que resistiram e lutaram pela instalação da democracia no maior país da América do Sul... é, caros amigos e amigas, talvez muitos de vós não saibam, mas o Brasil também teve a sua ditadura.

Photobucket
clicar na imagem

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:35

Pág. 1/2





  


calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728



Comentários recentes


Ligações

SANTA COMBA DÃO

NOTÍCIAS NO VOZ

FUTEBOL NO VOZ

INFORMÁTICA NO VOZ

LUSO IN SÃO PAULO

FOTOS NO FACEBOOK